SETCERGS discute ações contra o roubo de cargas

SETCERGS discute ações contra o roubo de cargas

SETCERGS se reúne com Secretário da Segurança Pública para discutir ações contra o roubo de cargas. 

Reunião na Secretaria da Segurança Pública

Medidas que usam inteligência artificial e tecnologia foram defendidas como uma das mais importantes medidas para criação de um ambiente mais seguro para as empresas do setor e seus profissionais. O tema foi abordado em mais uma reunião promovida pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS) com entidades e órgãos ligados à segurança no estado. O presidente do presidente do SETCERGS, Sérgio Mário Gabardo, reforçou a preocupação com a construção de um trabalho integrado entre as instituições envolvidas com a segurança pública no estado.

“Estamos muito preocupados com uma realidade que vem sendo passada por nossos associados em relação ao roubo de cargas. É preciso ajustar alguns aspectos legais e intensificar ações conjuntas. A tecnologia é uma aliada, mas precisa haver um trabalho conjunto e de inteligência”, afirmou.

O grupo foi recebido pelo secretário da Segurança Pública, Sandro Caron, em uma conversa na sede da Secretaria, localizada no bairro Navegantes, em Porto Alegre.

“Uma de nossas prioridades é o cercamento eletrônico. Estamos trabalhando em um sistema que seja acessível e integrado para que seja possível um monitoramento permanente”, declarou o secretário da Segurança, Sandro Caron.

Participaram, o presidente do SETCERGS, Sérgio Gabardo; o diretor de Gestão, Roberto Machado e o assessor de Segurança do SETCERGS, Coronel Otto Amorim.

O combate ao roubo de cargas vem sendo uma das bandeiras defendidas pelo SETCERGS, desde o início de março, diante de uma preocupante elevação do número de casos de ataques a caminhoneiros e empresas do segmento.

Durante a reunião, o SETCERGS reforçou, ainda, convite para presença na TranspoSul, que ocorre entre os dias 20 e 23 de junho e a temática da segurança no setor, integra os debates.