Programa que visa promover atualizações sustentáveis sobre a produção de veículos no Brasil é debatido entre CNT e MDIC

Programa que visa promover atualizações sustentáveis sobre a produção de veículos no Brasil é debatido entre CNT e MDIC

Nessa quinta-feira (21), a CNT (Confederação Nacional do Transporte) se reuniu com a Secretaria de Desenvolvimento Industrial, Inovação, Comércio e Serviços do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços) para discutir sobre o Mover (Programa Mobilidade Verde), que substituirá o Rota 2030. O secretário de Desenvolvimento Industrial, Inovação, Comércio e Serviços, Uallace Moreira, destacou que o Programa Mobilidade Verde está em estágio final e pode ser lançado na próxima semana. Essa iniciativa busca viabilizar incentivos fiscais à inovação da indústria automobilística e promover atualizações sustentáveis sobre a produção de veículos no Brasil.

Paralelamente, a gerente executiva de Relações com o Poder Executivo da CNT, Danielle Bernardes, pontuou a importância do programa para o setor transportador, sobretudo pelo incentivo à renovação das frotas de caminhões e ônibus possibilitado por essa política. Nesse sentido, Moreira destacou que, para o ano de 2024, o MDIC terá como um de seus focos o lançamento de um programa de renovação de frota, com o objetivo de viabilizar a criação de mecanismo de troca de veículos velhos para seminovos ou novos. Além disso, falou da possibilidade de integração junto ao Ministério dos Transportes para viabilizar a medida.

Por Agência CNT Transporte Atual
https://www.cnt.org.br/agencia-cnt