Práticas inovadoras aumentam a eficiência no transporte

Práticas inovadoras aumentam a eficiência no transporte

Com a evolução da maioria dos setores, a área de transporte e logística também não poderiam ficar para trás.

No mundo digital em que vivemos todas as empresas precisam estar atualizadas sobre as inovações que contribuem para o bom e correto desempenho do seu setor, gerando valor para o cliente e impulsionando a produtividade.

Continue lendo que você saberá quais são as inovações que estão auxiliando no progresso do serviço de transporte logístico.

7 inovações tecnológicas para transporte e logística!

Transporte e logística precisam andar juntos, principalmente no desenvolvimento de soluções que auxiliam na otimização de processos, por meio da tecnologia.

Ambos estão fazendo cada vez mais uso de recursos tecnológicos para levar a inovação a tudo que eles englobam e, assim, acompanhar a transformação que o mundo vem passando.

Veja a seguir alguns exemplos:

1 – Computação em nuvem

A nuvem sempre foi muito usada como um meio de armazenamento de arquivos. E agora está sendo utilizada também para o processamento de informações, coleta e entrega de dados, trazendo mais agilidade e segurança na transmissão de informações na área de transporte e logística.

A computação em nuvem possibilita:

produtividade: que permite a conexão pela internet em qualquer aplicativo e local;

comunicação: feita através de acesso fácil e baseada na web;


armazenamento de arquivos: que pode ser sincronizado com outras áreas de trabalho e outros locais;


recuperação e backup: feitos em serviços de nuvem confiáveis para que a documentação fique segura e armazenada.

Um exemplo de computação em nuvem é o SaaS (Software como Serviço) que é uma ferramenta que permite acesso de qualquer local com segurança e eficiência. Com isso, não há necessidade de altos investimentos com aquisição de equipamento, sistemas e instalações.

2 – Serviços digitais na área de transporte e logística

Antigamente a maioria dos serviços eram feitos de forma manual, mas com o passar do tempo a evolução dos métodos online estão tomando conta de todos os segmentos.

Sendo assim, na área de transporte e logística está acontecendo uma evolução nos serviços digitalizados para aumentar a velocidade de processos. Como exemplo podemos citar o canhoto do CT-e que antes era de papel e agora é digital e passou a ser chamado de CE-e (comprovante de entrega eletrônico).

Se quiser saber mais sobre a nova solução da Vinco para CE-e (comprovante de entrega eletrônico) leia o artigo Quer se livrar do canhoto de papel assinado? Conheça o Comprovante Legal!

3 – Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas (IoT) está abrindo cada dia mais oportunidades na gestão de transporte e logística. Por exemplo, através de sensores conectados nas cabines dos caminhões que, por sua vez, também estão conectados com um sistema que faz o rastreamento de carga.

Dessa forma, eles processam e transmitem as informações para que uma determinada equipe possa tomar as decisões baseada nos dados transmitidos.

A IoT ainda facilita o controle das etapas de logística e simplifica os status das mercadorias, desde fornecedores até a entrega para os clientes.

O Brasil-ID é um outro exemplo de uso de IoT, que é um sistema de autenticação de mercadoria, rastreamento e identificação.

Ele é baseado por uma tecnologia de radiofrequência e comunicação sem fio. E tem como finalidade o uso de um padrão único para todo o processo referente às mercadorias em produção que circulam pelo país.

A utilização do Brasil-ID foi formalizada em um acordo em agosto de 2009 entre a Receita Federal, as Secretarias de Fazenda e o Ministério da Ciência e Tecnologia.

4 – Caminhões e veículos autônomos e elétricos

Tanto os caminhões como os veículos elétricos são recursos que já estão sendo fabricados e usados no Brasil. Eles auxiliam para um mundo mais sustentável por não emitir CO2 (gás carbônico), trazendo assim muitos benefícios para o meio ambiente.

O que ainda está em desenvolvimento é o carregamento desses meios de transporte em movimento, por meio de uma solução sem fio e um sistema de indução, que são usados quando estão parados.

Já o desenvolvimento de veículos e caminhões que usam câmeras, radares e detectores ultrassônicos para se guiar sozinhos e fazer as entregas, é algo presente no mundo atual e que logo pode fazer parte do nosso dia a dia.

Como exemplo podemos citar os drones que são considerados transportes elétricos usados para entregas rápidas e de pequeno porte, principalmente na área delivery. Eles ainda estão em fase de teste para serem usados por empresas renomadas como a Amazon, Ifood e Uber Eats.

5 – Estradas e rodovias inteligentes

Para aumentar a segurança dos transportadores nas estradas, está sendo desenvolvido sensores e sistemas de comunicação. Dessa forma, eles oferecem a informação aos motoristas sobre as condições climáticas, os ajudando no percurso.

Também está em desenvolvimento para o futuro alguns projetos, como geração de energia por meio de turbinas de produção de energia eólica. Elas serão instaladas nos postes de iluminação nas rodovias e capazes de produzir energia solar através de um pavimento composto por painéis solares.

6 – Inteligência Artificial

Para o setor de transporte e logística, a Inteligência Artificial pode ajudar na customização de processos de acordo com cada cliente e como eles se comportam. Dessa maneira, proporcionando uma aplicação da tecnologia com foco no cliente para melhor atendê-lo.

Ela tem a capacidade de fazer as máquinas tomarem decisões de forma autônoma, reconhecendo o comportamento das operações e definindo as melhores soluções com base em estatísticas e percentual de erros e acertos.

A IA está em todos os setores, desde carros autônomos até o sistema de atendimento hospitalar. Para o varejo e atacado poderá auxiliar na recomendação personalizada de clientes e na gestão de estoque.

E em logística se tornará cada vez mais útil na definição de rotas, identificação de áreas de riscos, ranking de motoristas, veículos com melhor custo benefício entre outras informações e decisões complexas aos seres humanos.

7 – Entrega sem contato

A entrega de produtos sem contato é algo que várias empresas estão aderindo para trazer mais facilidade ao consumidor.

Um exemplo de uso desse novo método é na Amazon, uma das lojas onlines mais populares do mundo e conta com várias novidades para quem viaja ao exterior.

Uma delas é para quem faz compras antes de viajar para os Estados Unidos e se chama Amazon Locker, que são armários automatizados espalhados em vários lugares onde as mercadorias são depositadas.

Você pode fazer a compra normalmente pelo site da Amazon e selecionar a opção de Amazon Locker para escolher a localização mais próxima do seu hotel. Depois é só retirar no dia e horário que for mais conveniente para você quando estiver no seu destino. Dessa forma, pode ser evitado a taxa cobrada por hotéis para receber as encomendas.

Ele é considerado tendência para entregas evitando o contato pessoal e valoriza a captura e guarda da prova de entrega. Isso ocorre porque todo o processo envolve vários comprovantes de confirmação e o código para retirada da encomenda.

Como é impulsionado a inovação no transporte e logística?

O futuro tecnológico está mudando o ritmo do mercado que, por sua vez, está cada dia mais exigente. E ainda traz várias inovações como as mencionadas anteriormente.

O transporte está marcado pela agregação de valor da tecnologia da informação, através de análise dos dados coletados, por automação de processos, sistemas elétricos autônomos, entre outras coisas.

Dessa maneira, a mudança no mercado de transporte contribui para que o dia a dia se torne mais eficiente, proporcionando um diferencial nos negócios e fazendo a redução de custos.

Com base nisso, a inovação é impulsionada fazendo uso dos seguintes fatores:

uso de máquinas que permitem a utilização de ferramentas para coletar e analisar os dados;

conexão com a internet em qualquer lugar;


demandas de uso mais eficiente e menos contaminantes dos combustíveis;


conhecimento que proporciona a inovação e o desenvolvimento das tecnologias.


Para que esses fatores possam ser impulsionados, é preciso que seja reconhecido a necessidade das inovações tecnológicas no transporte e logística. E depois deve ser verificado em que lugar elas podem ser incorporadas na empresa.

Com isso, é necessário que seja estabelecido objetivos para adotar as tecnologias apropriadas com o propósito de satisfazer as exigências do mercado e a satisfação do cliente.

Use a tecnologia a seu favor!

A empresa de logística deve sempre estar junta com as inovações e adotar as tecnologias que estão fazendo o mundo evoluir. Dessa maneira, conseguirá ser flexível e eficiente.