Lilium, carro voador aguardado para 2025 no Brasil, começa a ser montado

Lilium, carro voador aguardado para 2025 no Brasil, começa a ser montado

A fabricante alemã Lilium começou a montagem das primeiras fuselagens do seu eVTOL, que deverá ser operado pela Azul no Brasil. Início da produção da aeronave marca mais um passo rumo ao início de seus voos comerciais. Entregas para começo da operação no Brasil devem começar em 2025, segundo a fabricante.

Sete fuselagens sendo montadas

Chamado popularmente de “carro voador” ou “táxi voador”, eVTOL é a sigla para Electric Vertical Take-off and Landing. Ou aeronave de pouso e decolagem vertical elétrica.

A Lilium irá montar, inicialmente, sete fuselagens do seu carro voador. O objetivo é dar início ao processo de certificação, indo além dos protótipos utilizados para testes hoje em dia. Passo é necessário para ter voos liberados. Com as aeronaves montadas, a fabricante poderá obter autorização para voar comercialmente.

Produção será feita pela empresa parceira Aciturri. Grupo espanhol também é responsável por fornecer partes da fuselagem de aviões como o Airbus A350, Boeing 787 e Embraer KC-390.

Em setembro, o sistema de propulsão elétrico também começou a ser montado. Testes com protótipos foram concluídos em julho na Alemanha.

Ficha Técnica 

Modelo: Lilium Jet
Capacidade: Até seis pessoas mais um piloto
Motorização: Até 36 motores elétricos que mudam a direção para gerar o impulso da aeronave
Velocidade de cruzeiro: 250 km/h
Autonomia de voo: Até 250 km de distância
Nível de ruído: 68 decibéis a cem metros de distância, similar a uma conversa normal (o motor de um avião a jato pode atingir 140 decibéis)
Previsão de lançamento: 2025

Azul quer operar modelo no Brasil

A companhia aérea brasileira Azul é uma das principais investidoras no modelo. A empresa fechou uma parceria coma a Lilium para a operação de até 220 unidades do carro voador da empresa alemã.

Negócio atinge o valor de até US$ 1 bilhão (R$ 5 bilhões). Empresa busca ampliar sua malha aérea, conectando grandes centros econômicos, regiões metropolitanas, cidades turísticas, e condomínios residenciais a aeroportos.

A previsão inicial é que os modelos cheguem ao Brasil em 2025. Ainda deverá levar um tempo antes da operação comercial começar. Isso se deve à necessidade de testar e certificar o modelo no Brasil para que seus voos sejam liberados.

Gol também deve ter eVTOL em breve

A Gol também fechou parceria para operar carros voadores no Brasil. O modelo escolhido foi o VX4, da empresa britânica Vertical Aerospace.

Expectativa é que operações comecem em 2027. Modelos devem chegar ao país e serem certificados no segundo semestre de 2026, segundo a empresa.

Modelo é capaz de transportar até quatro passageiros mais o piloto. A empresa assinou um protocolo de intenções junto à empresa Avolon para o arrendamento de até 250 aeronaves.

Modelo busca reduzir emissão de carbono. Assim como o Lilium Jet, o VX4 também não deverá emitir poluentes, assim como emitir ruídos em volumes mais baixos que outros tipos de aeronaves.


https://economia.uol.com.br