transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-setcesp-setcergs-fetransul-aldo-rosa-1
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon

Transposul 2023: Integração e uso de tecnologias são aliados no combate ao roubo de cargas

Transposul 2023: Integração e uso de tecnologias são aliados no combate ao roubo de cargas

O Fórum de Segurança promovido pela TranspoSul, evento organizado pelo SETCERGS (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística do Rio Grande do Sul), reuniu representantes da segurança pública para analisar o enfrentamento do roubo de cargas e discutir orientações sobre como as empresas e a sociedade podem combater esse problema.

Realizado na sexta-feira, (23/06), durante a TranspoSul, o debate contou com a participação da Delegada Vanessa Correa do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e do Coronel Pereira Martins do Comando da Brigada Militar. O evento foi mediado por Sérgio Gabardo, presidente do SETCERGS, e Roberto Machado, presidente da TranspoSul.

O presidente do SETCERGS, Sérgio Mário Gabardo, destacou a importância da união de esforços no combate ao roubo de cargas.

“A segurança não depende apenas dos órgãos públicos, mas sim do quanto estamos atuando de forma conjunta”, afirmou Gabardo.

Durante a apresentação, a Polícia Civil compartilhou estatísticas oficiais do estado. No primeiro semestre de 2023, em comparação com o mesmo período do ano passado, houve uma redução de 11,76% no número de ocorrências de furto e roubo de cargas. Os registros que totalizavam 270 no ano passado diminuíram para 240 este ano. Além disso, a Polícia Civil realizou 38 prisões em oito diferentes operações, recuperando cargas avaliadas em aproximadamente R$ 1 milhão e 78 mil.

A Delegada Vanessa Correa do DEIC ressaltou os eixos de ação no combate ao roubo de cargas, incluindo inteligência, integração, capacitação e ação operacional.

“Inteligência e integração são essenciais para obtermos resultados efetivos. Nosso objetivo é não apenas coletar provas para a prisão e detenção desses criminosos, mas também garantir que tenhamos evidências robustas que comprovem a gravidade dos crimes cometidos”, afirmou a palestrante.

A Brigada Militar apresentou as ações que estão sendo desenvolvidas para combater os roubos e ressaltou a importância de combater os receptadores. O Coronel Pereira Martins do Comando da Brigada Militar destacou que 51,97% das cargas roubadas são de cigarros, o que demonstra a rápida distribuição desses produtos no mercado irregular.

“É fundamental combater não apenas as quadrilhas responsáveis pelos roubos, mas também os receptadores, para interromper essa cadeia criminosa”, ressaltou o Coronel.

O Fórum de Segurança na TranspoSul evidenciou a importância do diálogo entre os diversos atores envolvidos no setor de transporte rodoviário de cargas, bem como a necessidade de estratégias integradas para enfrentar o problema do roubo de cargas e garantir a segurança das operações.