transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-setcesp-setcergs-fetransul-aldo-rosa-1
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon

Em sua 30ª edição, Prêmio CNT de Jornalismo está com as inscrições abertas

Em sua 30ª edição, Prêmio CNT de Jornalismo está com as inscrições abertas

O Prêmio CNT de Jornalismo 2023 está com as inscrições abertas. A maior premiação jornalística do Brasil – que chega à sua 30ª edição – tornou-se um importante vetor de pautas que lançam luz sobre os principais desafios e problemas do setor. Nos últimos 30 anos, passamos a acompanhar, com maior frequência – em textos, imagens, vídeos ou áudios –, temas sensíveis ao transporte de cargas e de passageiros em todos os seus modais. E a edição deste ano busca reconhecer essa força do jornalismo, que mostra o impacto da atividade transportadora no desenvolvimento do país. 

Podem ser inscritas matérias e fotografias veiculadas no período de 8 de agosto de 2022 a 7 de agosto de 2023. A data-limite para se inscrever é 7 de agosto de 2023, até as 18h. As matérias devem se enquadrar em uma das seis categorias: Áudio (para matérias de rádio e podcasts), Fotojornalismo, Impresso, Internet, Meio Ambiente e Transporte e Vídeo (para reportagens e documentários veiculados na TV e em plataformas de streaming).

A grande novidade desta edição é a criação de uma categoria voltada à comunicação organizacional de entidades representativas do setor de transporte. Podem concorrer trabalhos de veículos de comunicação de quaisquer formatos (vídeo, áudio, impresso e imagem), de federações, associações e sindicatos do transporte.

As pautas devem abordar aspectos do transporte, seja ele rodoviário, ferroviário, aquaviário ou aéreo – nos segmentos de passageiros ou cargas. Os melhores trabalhos concorrerão ao Grande Prêmio (R$ 60 mil) e às premiações por categoria (R$ 35 mil cada).

A seleção dos melhores trabalhos é feita, inicialmente, por uma comissão de pré-selecionadores, formada por jornalistas com atuação acadêmica. Depois, os trabalhos finalistas serão escolhidos por uma comissão formada por quatro jornalistas de renome da imprensa nacional e um especialista em transporte. 

Eles atribuirão notas de acordo com cinco critérios: relevância para o setor de transporte e o transportador; qualidade editorial; relevância para a sociedade; criatividade/originalidade; temporalidade/atualidade. Os vencedores serão anunciados no mês de novembro.

Acesse o regulamento e as inscrições