transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-setcesp-setcergs-fetransul-aldo-rosa-1
transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-frotas-conectadas-aldo-rosa-3
transporte-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ntc-logisitica-cnt-comjovem-sest-senat-sp-seminario-itinerante-belo-horizonte-aldo-rosa-4
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-esg-ia-innovation-trends-brazil-cni-cna-cnc-hub-startups-web-summit-rio-janeiro-rj-melanie-nakagawa-microsoft-itau-aldo-rosa-1
AGRISHOW

Com participação da CNT, ANTT discute parâmetros de ESG nos contratos de rodovias e ferrovias

Com participação da CNT, ANTT discute parâmetros de ESG nos contratos de rodovias e ferrovias

Com participação da CNT, ANTT discute parâmetros de ESG nos contratos de rodovias e ferrovias

Reunião visa à colaboração de entidades ligadas aos transportes terrestres para elaboração de regulamentação de parâmetros ESG

Nessa segunda-feira (25), a CNT (Confederação nacional do Transporte) marcou presença na Reunião Participativa nº 2/2024, realizada pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), que teve como objetivo discutir a proposta de regulamentação de parâmetros e incentivos de ESG nos contratos de rodovias e ferrovias.

A Confederação foi representada pela assessora governamental Maria Carolina Noronha. Entre os participantes, estavam representantes do Ministério dos Transportes, da Infra S.A., da ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários), da ABCR (Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias) e da ANUT (Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga).

A pauta é considerada de extrema importância para as empresas do setor de transporte, que já possuem projetos de ESG em curso, mas que podem obter, com essa regulamentação, ainda mais incentivo para avançar. A proposta tem como principais objetivos:

• mitigar as emissões de gases de efeito estufa;

• reforçar a resiliência da infraestrutura;

• aprimorar o atendimento aos padrões de sustentabilidade para facilitar o acesso ao crédito, mais rápido e mais barato;

• promover impacto social positivo.

Nesta etapa do procedimento para nova regulamentação da ANTT, foi elaborada uma minuta de Análise de Impacto Regulatório (AIR), a ser analisada por representantes das entidades convidadas. O prazo acordado para as contribuições é 15 de abril. Depois desta etapa, será feita uma consulta interna, com contribuições dos pares e demais unidades organizacionais da ANTT e, em seguida será marcada uma audiência pública sobre o tema.